O que é a jardinagem vertical?



A jardinagem vertical é uma nova tendência que veio para ficar. Nas cidades, temos cada vez menos espaços verdes e poucas casas têm jardim. Mesmo que viva num apartamento com terraço, o mais provável é que tenha uma tijoleira para proteger o vizinho de baixo. Portanto, a alternativa é plantar jardins verticais, que crescem em altura.



Quais são as vantagens da jardinagem vertical?

Esta tendência começou na Ásia, em grandes cidades com falta de áreas verdes. Começaram-se a construir edifícios com fachadas cobertas com plantas, centros comerciais com jardins verticais e, em Singapura, nasceram os famosos jardins da Baía, que têm estruturas de 50 metros que parecem árvores.

Os jardins verticais têm várias vantagens. A primeira, claro, é criar um espaço verde que seja apelativo aos nossos olhos, especialmente quando tudo o que nos rodeia é aço e cimento. A segunda é ajudar a renovar o ar e a diminuir as emissões de carbonoa. E a terceira é combater as ilhas de calor que há nas grandes cidades.


Por isso, mesmo que viva num apartamento pequeno, basta ter uma varanda para criar um jardim vertical ou até uma horta vertical! A horta vertical não só vai dar imenso charme à sua varanda, como lhe permite plantar as suas próprias alfaces, morangos, framboesas e ervas aromáticas, que são estupidamente caras nos supermercados.

Quais são os desafios da jardinagem vertical?


No entanto, apesar destas vantagens, também é verdade que a jardinagem vertical apresenta alguns desafios. Em primeiro lugar, nem todas as plantas crescem bem na vertical. As espécies de um jardim vertical têm de ser cuidadosamente escolhidas e aparadas ao longo do tempo para tudo se manter bonito.

Deixo-vos aqui algumas sugestões de plantas que podem funcionar bem num jardim vertical e que se adequam ao clima português:
  • Samambaia: têm uma folhagem exuberante e dão-se bem ambientes húmidos e com sombra, por isso é adequada mesmo em casas que não ficam viradas a Sul.
  • Suculentas: as suculentas e os cactos são ideais para a jardinagem vertical porque são resistentes e requerem pouca manutenção.
  • Hera: as heras são perfeitas para jardinagem vertical porque rapidamente cobrem toda a parede, mesmo com poucos cuidados.

Em segundo lugar, existe o problema da irrigação. Quando um jardim vertical se estende por um prédio inteiro, ou por uma parede gigante num centro comercial, é preciso manutenção para garantir que a água chegue a todos os pontos. Além disso, também é preciso encontrar formas de adubar o substracto.

Portanto, já há empresas que se especializam em “jardinagem em altura”. As empresas de manutenção mais sofisticadas usam, aliás, sensores para avaliar a qualidade do substrato e garantir que o jardim vertical tem água e minerais suficientes para as plantas serem felizes e saudáveis!

Posso plantar um jardim vertical em casa?


Evidentemente, um jardim vertical na sua varanda não exige tanta manutenção. A maioria das casas tem um pé direito de 2.40 metros, por isso até pode ser possível regar o seu jardim vertical com um simples regador. Outras pessoas optam por vasos, o que também facilita bastante esta tarefa.


Diria que a forma mais fácil de plantar um jardim vertical em casa é comprar uma estrutura para fixar à parede, como um treliça, painéis de madeira ou vasos em escadinha. Vai encontrar diversas opções em lojas de bricolage (como o Leroy Merlin) e só tem de escolher a que se adequa melhor ao espaço que tem disponível e ao tipo de parede.


De qualquer forma, recomendo falar com um jardineiro para escolher as plantas que crescem melhor neste tipo de jardins. Eu já vos facilitei o serviço e podem clicar aqui para encontrar jardineiros em Braga ou jardineiros no Porto, embora seja possível encontrar jardineiros em todo o país!


Estes jardineiros também são um bom contacto para ter quando o vosso jardim vertical precisar de manutenção. Com o tempo, vai ser preciso aparar as plantas, adubar e combinar espécies para afastar os insectos (que não é apenas uma questão de jardinagem biológica, mas também uma forma de não ficarem com a casa cheia de bicharada).


Espero que tenham gostado desta breve, breve introdução à jardinagem vertical. Como vêem, a jardinagem vertical não é mais do que plantar um jardim na vertical, ao longo de uma parede. Embora isso traga alguns desafios, nomeadamente para fixar as plantas à parede e regar, também tem enormes benefícios.





Mensagens populares deste blogue

Dicas para escolher o carpinteiro certo para o seu projeto de marcenaria

Os benefícios de instalar um ar condicionado em casa: conforto e qualidade do ar

Os Perigos das Pragas Domésticas: Proteja sua Saúde com a Desinfestação